passados os tempos de sol


o telefone não toca.
tá frio lá fora.
a cama tá pequena,
e meus olhos marejados.
me sinto sozinho.
por sua causa.
por minha causa.
por uma causa perdida.
eu esperei até o sol se por…

a cabeça pesa.
fecho a janela  e me cubro.
o frio é intenso.
e eu sei, que é hora de partir.
o quarto escuro.
a luz apagada,
e a minha respiração se vai.
todo frio e toda dor, sumiram.
e eu esperei até o sol se por…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s