meu querer


eu quero estar errado,
quero dar o braço à torçer,
dar a cara à tapa,
assumir que perfeito não posso ser.

quero tropeçar, cair, machucar,
trapacear, passar rasteira.
quer ser preso,
fugir, descer ladeira.

quero me vender,
cobrar preço baixo,
lamber a poeira do chão,
deixar meu corpo ceder.

pecado e tentação de mãos dadas.
os corpos que bailam sobre a luz da lua
o erotismo escondido sobre os lábios entre-abertos.
os sagrado sobre a língua que percorre os dentes.
é papila. é mamilo. e cruel.
o doce e o salgado.
o novo e o amargo.
madrugada à dentro.
meu corpo sedento.
a esperar acabou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s