meias palavras


a manhã cinzenta que esconde tanto silêncio por entre suas núvens.
o horizonte calado que se fecha perante os olhos mais atentos.
hoje não tenho nada à dizer.
sou escravo do sentimento que insiste em não se libertar.

estou decidindo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s