fora do lugar


hoje eu voltei ao lugar em que eu tanto considerei e que tanto lutei pra estar. mas tudo era diferente agora.
parecia que eu nunca pertenci àquele meio. que eu nunca existi alí.
me senti como uma sombra. um borrão na história.
não me senti bem e, muito menos, confortável.
talvez seja hora de me afastar.
talvez seja hora de não voltar.
talvez seja a hora de olhar pra frente e simplesmente esqueçer tudo o que eu vivi.
me movimentar.
seguir o curso que corre o rio.
fechar a porta atrás de mim.

um bom observador deve sempre saber a hora de partir ou chegar.
e é isso que eu noto agora: será que não é a hora de partir?
talvez, eu tenha até ficado tempo demais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s