days of our lives


sol após sol, eu caminho em uma estrada de terra batida, com a poeira cegando meus olhos e secando meus lábios. procurando por alguém no meio do deserto sem encontrar.
dia após dia, eu me encontro em situações de escolha e que muitas me machucam. às vezes, todas as escolhas podem me machucar, mas eu sou obrigado à escolher. eu me obrigo à escolher.
noite após noite, estou preso às letras que compõem uma história que deveria nunca ter existido. leio, releio, apago e reescrevo, tentando amenizar a dor. mas de nada adianta.
beijo após beijo, eu vou notando o quanto posso esqueçer o que já vivi. que posso viver novos beijos, novos mundos e novos amores, sem deixar de notar que todos os beijos poderiam ter sido aqueles.
olhar após olhar, eu sinto que posso me apaixonar novamente. dessa vez por alguém que me ame em reciprocidade. por alguém que me dará o valor que eu tanto mereço. alguém que vai notar meus olhares, sentir meus abraços, dizer que me ama olhando em meus olhos.
tempo após tempo, eu vou esqueçer.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: