relembrando e repensando


estava lembrando de tudo o que passei e percebi que não sinto falta. não sinto falta das palavras que foram soltas no ar. não sinto falta dos abraços vazios e dos sorrisos sem graça.
me peguei pensando em tudo o que se passou em minha vida nos últimos tempos. em tudo o que fiz e em todas as palavras que professei.
será que estava errado? não. eu não estava errado. eu estava vivendo e me permitindo viver tudo o que achava que deveria viver. e vivi.
se eu repetiria? talvez. se eu repetisse – ou repetir algum dia – seria diferente. seria prudente e seria menos passional. talvez eu ponderasse mais. talvez eu penasse mais.
mas, com certeza, eu jamais amaria menos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s