cinco da manhã e a mochila nas costas


talvez eu não acordasse às cinco horas da manhã  se fosse um dia comum. mas não, este dia não tinha nada de comum pra mim. eu estava prestes à crescer e mudar. mal sabia eu o que me esperava. mal sabia eu que este final de semana mexeria tanto com meus sentimentos à ponto de mudar a mim e mudar a forma como eu vejo certas coisas.
depois de tanto temp o cansado e estressado,  eu conseguiria descansar naquele momento. naqueles dias.
a estrada hora era boa e limpa, hora mal dava para trafegar. mas nada impediria que eu chegasse á meu destino. e, por destino, não me refiro somente à cidade, mas também à um encontro comigo mesmo que eu não esperaria encontrar alí. tão distante de onde eu chamo de lar.

Anúncios

Um Comentário

  1. geeal

    Encontrar-se consigo mesmo é deleitar-se na plenitude de ser. (:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: