metáforas


procurei em cada esquina
os olhos daquela menina,
que procurava por alguém
e que talvez não fosse ninguém.
e se ninguém aparecesse,
a esquina ficaria vazia
assim como os olhos da menina.

procurei em cada rua
os olhos daquela mulher,
que procurava por mim
e que talvez não fosse assim.
e se ninguém notasse,
a esquina ficaria cheia
assim como os olhos da mulher.

e se cada pedaço de mim fosse metáfora,
e cada metáfora fosse um pedaço de céu,
e se cada céu fosse o reflexo dos olhos da menina,
e cada menina tivesse os lábios de mel,
e se cada mel fosse tão doce quanto os lábios que eu beijava,
e cada beijo fosse o começo de algo que terminava,
e se cada fim fosse a continuação de mim,
então cada pedaço de mim seria uma metáfora.

Anúncios

Um Comentário

  1. asilusoesperdidas

    lindo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: