Nunca Mais do Mesmo


Já não visto mais as mesmas roupas,
não tenho mais o mesmo cabelo,
não uso mais as mesmas palavras de antes.
Não consigo mais agir levianamente.

Meus olhos endureceram,
meus lábios se curvaram,
minhas mãos se fecharam.
Preparei-me, então, pra lutar.

Acho que a idade pesou em mim agora.
Adotei, sem notar, uma postura diferente,
passei à ser um tipo de pessoa mais séria.
Um tipo de pessoa que sempre evitei ser.

Meus olhos endureceram,
meus lábios se curvaram,
minhas mãos se fecharam.
Preparei-me, então, pra lutar.

Meu lado criança foi deixado para trás,
até minhas roupas ganharam uma nova cor,
e meu humor sumiu entre as flores de outra primavera.
Talvez, com isso, eu tenha perdido minha vida.

Meus olhos escureceram,
meus lábios se fecharam,
minhas mãos se esconderam.
Parti, então, para na luta sobreviver.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s