Anjo


Ele foi um homem forte. Que não se entregou fácil, sem se importar quão difícil tenha sido a sua batalha. Alguém que lutou para ver um pôr-do-sol atrás do outro. Um exemplo de pai, de tio, de avô, de advogado, de amigo, de pessoa! Alguém que, apesar de todas as dificuldades, aproveitou a vida ao máximo e até quando pôde. Alguém que soube amar e dar amor acima de qualquer coisa. Alguém que se importaram quando ninguém mais se importava.

Jamais me esquecerei daqueles olhos profundos que me viram crescer e que sempre olharam pra mim com aquele olhar de orgulho. Jamais me esquecerei de tudo que fizeste por mim e por tudo que tentaste fazer, até mesmo quando eu não queria que nada fosse feito. Também jamais me esquecerei de ter lutado por mim, discordando, brigando, falando e reclamando. Jamais me esquecerei das lágrimas que escorreram dos teus olhos quando descobriu que eu estava, finalmente, conseguindo ser alguém e, mais ainda, jamais me esquecerei do apoio que me deste, sem questionar minha escolha ou julgar-me. E, mais ainda, jamais me esquecerei de sua felicidade de me ver alcançar um objetivo que até eu já tinha desistido, mesmo que você não tenha conseguido expressar em palavras e somente em lágrimas e sorrisos.

Saiba que eu não fui capaz de estar ao teu lado o tempo todo porque eu não te agüentava ver sofrendo daquela forma. Porque eu não te agüentava ver chorar. Não agüentava te ver dizer que estava tudo bem, enquanto você sabia que não estava e, muito menos, agüentava te ver com aqueles olhos, antes tão cheios de vida, agora vazios.

Se eu falhei ou te julguei alguma vez – ou algumas vezes -, me perdoa. Talvez eu não fosse maduro o suficiente para perceber tamanha a importância que você tinha para todos, inclusive para mim. Talvez eu não tivesse olhos verdadeiros para olhar e ver tudo o que fez por mim, para mim e por aqueles que amo. Talvez não. Com certeza eu não sabia o quanto você iria fazer falta, o quanto está fazendo falta e o quanto fará.

Hoje, seu lugar à mesa está vazio, esperando o dia em que você estará entre nós novamente e se sentará, com toda a sua importância, guiando e equilibrado tudo e todos à sua volta. E saiba que teus ensinamentos jamais serão esquecidos, não importa quanto tempo passe ou que tipo de pessoas nos tornemos. Tudo o que você foi para cada um de nós, é e sempre será um eterno ensinamento.

Por fim, mas não menos importante, talvez eu nunca tenha dito, expressado ou escrito, mas: você faz falta em minha vida. Sua presença faz falta em minha vida. E a falta dela cria um vazio sem nome e sem tamanho.
não importa onde estejas agora, saiba que eu jamais esquecerei teu nome, quem você foi, as coisas que fez e tudo o que me ensinou e ensinou ao próximo.
levarei comigo, para aonde eu for, você em meu coração e em minha história. Como alguém que viu o que eu não podia ver e me deu a mão, quando ninguém mais quis assim fazer.

Hoje e sempre, sinto sua falta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s