Maestro


caí em contradição. lutei tanto contra algo que hoje eu venero. rotina. caí em contradição por desejar uma rotina. e de tanto lutar para não ter, perdi junto com a rotina o meu controle. minha vida, até então guiada com maestria, se fixou em um terreno tão maleável e complexo que não há chão, em certos momentos. caí em contradição por querer fugir do tradicional. mal sabia eu, que o tradicional é a base para o novo. e que o novo venha, ou não. mal sabia eu que o tradicional era chão.

Anúncios

Um Comentário

  1. “vem cá ver que o novo é bom, pode amedrontar, te atropelar, te desgovernar, te desafiar, mas desafinar na hora”

    mt lindo esse post 😀

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: