Like I’m the only one that you’ll ever love


“Você ainda não aprendeu que eu consigo tudo o que eu quero?”
“Não consegue não. você nunca vai conseguir tudo o que você quer.”
“Não é você que vai dizer o que eu consigo ou não, acredite.”

O pior disso tudo é que por um momento eu acreditei naquelas palavras que fizeram meu ouvido sangrar e meu coração palpitar de tanto ódio. Por um breve momento eu fraquejei e isso desencadeou tantas outras coisas que me perdi em pensamentos enquanto deveria estar perdido em sonhos. Puros sonhos.

Acho que essa frase foi o suficiente para quebrar o vidro e deixar escapar todo o vazio que estava guardado. O suficiente pra permitir que a barreira que eu criei se corroesse e destruísse meus sorriso plástico que tenho tanto usado. No fundo, acho que é porque ele tem razão. Eu tenho quase tudo que me basta, mas me faltará sempre amor. Me faltará sempre com quem dividir meus sorrisos. Me faltará um pedaço de mim que pertence à outra pessoa que, pra variar, eu jamais encontrarei.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: