Saudade de seu lápis de olho cor de céu


Porque tudo foi ficar tão difícil? Porque a vida não poderia continuar a significar-se pelos sorrisos mais simples, os abraços mais doces, as lágrimas mais fortes no pátio da faculdade? Porque a gente foi deixando e deixando que tudo distanciasse-se da gente a ponto de não sentirmos mais a presença do outro e sorrir disfarçadamente quando passar numa loja e ver o boneco do Woody e lembrar que você tem um, mas morrer de vergonha por rir só e se quebrar em cacos por se inundar de saudade? Porque tudo foi ficar tão doloroso a ponto de te ver sorrir e me entristecer, novamente, por não estar perto de você e de suas conquistas? Tão doloroso a ponto de eu saber que te perdi e que por mais que digamos sempre que vamos nos encontrar e voltar ao que era e nos reconquistarmos, eu saiba que isso nunca vai acontecer e eu continuarei de longe apreciando, feliz, a sua felicidade? Hein, Boo? O que houve com a gente? O que houve com nossos abraços? O que houve com aqueles dois indesgrudáveis de dois mil e nove – sim, quatro anos atrás – que de tão diferentes se tornaram iguais? O que houve para a saudade ser maior que sua presença?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: